Deserto do Atacama – Chile

Share Button

Chi chi chi Le le le, Viva Chile!

Chile é o próximo adversário do Brasil na Copa do Mundo de Futebol 2014. E é lá que fica o lindo deserto do Atacama. Visitar o Atacama, descobrir uma nova paleta de cores recheada com diferentes tons de “areia” e descobrir a riquissima fauna e flora do deserto, deveria fazer parte das obrigações de todo mundo.

O deserto do Atacama, no norte do Chile, é o deserto mais seco e mais alto do mundo. Ele não é feito só de montanhas, também tem planicies de mais de 4.000 metros. Uma visita a este deserto irá garantir que a sua paleta de cores aumente significativamente. Na mistura de aridez, frio, gelo, e areia você irá encontrar uma fauna riquíssima e até mesmo flora que se adapta a realidade local. É um mundo de metáforas para refletir.

A cidade para se hospedar próximo a todas as atrações é San Pedro de Atacama, que fica a 100km do aeroporto mais próximo, em Cálama. É em San Pedro que você poderá garantir seus souvenirs, jantares românticos, e banho quente.

Todos os passeios feitos no deserto devem ser contratados com alguma operadora. Para chegar ao local sempre será necessário van, micro-onibus, ou pick-up. As operadoras mais indicadas aqui no Brasil são Inca North, Grado 10, e a Desert Aventure. Alguns hotéis já possuem passeios inclusos nas diárias.

Para não sofrer com a altitude, a dica é começar com os passeios mais baixos, dessa forma o corpo vai se acostumando com a altitude a cada dia. As principais atrações ficam na Reserva Nacional Los Flamencos, uma enorme reserva com quase 74 mil hectares.

Salar de Atacama

É um lago de sal com mais de 3.000 km, uma boa opção para começar os passeios. No final da tarde a temperatura cai bruscamente e é ai que você pode ouvir o “ranger” do sal. Lá você encontrará várias especies de flamingos, e seu guia, se for simpático, poderá te mostrar como identificar as diferenças.

Flamencos en el Salar de Atacama - Foto de: Dr. Labra Holzapfel

Flamencos en el Salar de Atacama – Foto de: Dr. Labra Holzapfel

Vale da Lua, Vale da Morte e Cordilheira de Sal

São nessas três atrações que você garantirá as melhores fotos e gastará mais tempo em contemplação. São formações rochosas dos mais diferentes tipos, dunas gigantes, e o céu mais estrelado e mais bonito do mundo, segundo o Condé Nast Traveler. É possível identificar até 3.000 estrelas diferentes. Algumas operadoras oferecem sandboard nas dunas.

Vale da Morte - Foto de: Bruna Benvegnu

Vale da Morte – Foto de: Bruna Benvegnu

Toconao

É uma boa opção como segundo passeio, já que a altitude ainda não é pesada. Toconao é um povoado colonial, onde o diferencial é o uso de liparitas (pedra de origem vulcânica) na arquitetura. É com essa pedra que a Igreja e a Torre foram construídos. A palavra “Toconao” vem do cunzo “toco”, que significa “pedra”. Passeando pelas pequenas ruas você encontrará tecidos de lã de alpaca, miniaturas da torre, e diversos tipos de frutas. No barranco do Jere, onde a comunidade mantém suas plantações, principal atividade dos locais, você pode e deve experimentar figos, bêberas e damascos.

Praça de Toconao - Foto de: Osmar Valdebenito

Praça de Toconao – Foto de: Osmar Valdebenito

Gêiseres do Tatio

É o local mais visitado do Atacama. É um campo geométrico no meio da Cordilheira dos Andes, a 4.300 metros de altitude, são os geiseres mais altos do mundo. As fumarolas são produzidas pelas altas temperaturas de suas crateras lacrimejantes. O passeio para lá sempre começa muito cedo, ou melhor, ainda na madrugada. O melhor horário para observar as fumarolas de vapor e as crateras de lama sendo atravessadas pelos raios de sol é entre 06h e 07h da manhã. Enquanto amanhece você verá as aves acordando e você pode se preparar para um banho termal, e excelentes fotos do nascer do sol.

Geiser do Tatio - Foto de: Gerardo Espíndola

Geiser do Tatio – Foto de: Gerardo Espíndola

Nádia Apocalypse

Já dizia minha tia que eu nasci com rodinha nos pés. Desde pequena uma mochila bastava para que os sonhos de desbravar o mundo começassem. Ainda estou longe disso, mas sou do tipo curiosa e sonhadora, então quero compartilhar um pouco do que já vivi por ai no mundo, muitos dos meus sonhos, e dicas preciosas do que está rolando por aí e pode deixar o final de semana bem mais interessante!

Twitter 

Share Button

Submit a Comment